nivo slider image nivo slider image nivo slider image
NotíciasMais notícias
equipesresize
FUNAD-PB fatura duas medalhas de ouro, e uma de prata, e é campeão do Regional Nordeste de Bocha 2015

O campeonato regional nordeste de bocha terminou no último sábado(29), em Maceió, Alagoas. A competição contou com 57 atletas, sendo 12 na classe BC1, 11 na classe BC2, 12 na classe BC3, e 22 na classe BC4. Na classe BC1, … Ler mais

036_JogosParapan-Americanos_Bocha_LB-468x348
Bocha do Brasil brilha no Parapan de Toronto, e conquista 6 de 7 medalhas de ouro possíveis

O desempenho perfeito da bocha teve início com José Chagas, na BC1. Ele bateu o canadense Hanif Mawji e ficou com o título. Maciel de Souza foi ouro na BC2, após vencer o também canadense Adam Dukovich. ​Em outro duelo … Ler mais

futebol de 7 pc 800 600
Futebol de 7 PC conquista o ouro no Parapan de Toronto – 2015

A última medalha do Brasil nos Jogos Parapan-Americanos – 2015, de Toronto, no Canadá veio com a seleção brasileira de futebol de 7 PC. O ouro veio com uma suada vitória sobre os rivais argentinos, por 3 a 1. O … Ler mais

Campeonato+Brasileiro
Estão abertas as inscrições para o XVI campeonato brasileiro de futebol de 7 PC, que irá acontecer em Águas de Lindoia-SP

A ANDE abre, nesta segunda-feira(03), as inscrições para o XVI campeonato brasileiro de futebol de 7 PC – 2015, que acontecerá no período de 27 de setembro a 02 de outubro, em Águas de Lindoia – São Paulo. As inscrições ficarão … Ler mais

aguas de lindoia
Regional Sudeste de Bocha será disputado em Águas de Lindoia, no período de 13 a 16 de outubro – 2015

A data e o local do Regional Sudeste de Bocha – 2015 foram definidos nesta segunda-feira(03), o evento será realizado na cidade de Águas de Lindoia, em São Paulo, no período de 13 a 16 de outubro de 2015(a ANDE … Ler mais

Acompanhe as nossas notícias por RSS
Fundada em 1975

pelo professor Aldo Miccolis, a Associação Nacional de Desporto para Deficientes / ANDE, teve como objetivo agregar todos os desportos praticados por todas as deficiências.

Mais tarde, com a especificação das diversas áreas de deficiência, coube a ANDE fomentar e desenvolver o desporto para pessoas com paralisia cerebral (PC).

presidentefrazão
Palavra do Presidente

VIBRAÇÃO! SUPERAÇÃO! EMOÇÃO! ALEGRIA! HINO NACIONAL! MEDALHAS! LÁGRIMAS!

Essa foi a tônica da participação brasileira nos Jogos Parapanamericanos 2015, em Toronto – CANADÁ, encerrado no último fim de semana. E os nossos esportes, Bocha e Futebol 7, contribuíram sobremaneira para esse resultado espetacular do paradesporto brasileiro, quando obtiveram as melhores marcas em toda história desse grande evento. Na Bocha conquistamos 6 medalhas de ouro, dentre 7 possíveis, e 3 de bronze; no Futebol, também dourado, ganhamos as 5 partidas realizadas, marcando 31 gols e sofrendo apenas 1. Surpresa? Não para nós que vivenciamos o dia a dia desses atletas vitoriosos e o trabalho incansável do nosso corpo administrativo e técnico.

Conversando com a Professora Márcia Campeão, Coordenadora da Bocha, ela exclama: “Deixamos escapar o ouro nos Pares BC3!”. Da mesma forma, o Professor Hélio dos Santos, Coordenador do Futebol 7, destaca que os nossos guerreiros do Futebol 7 ficaram chateados por terem sofrido um gol na grande final contra nossa rival Argentina. Esse é o espírito dos integrantes das nossas equipes, mesmo depois de uma campanha fantástica, extraordinária, querem mais, querem o máximo, querem a perfeição! Esse é o verdadeiro espírito de campeão! Que orgulho de ser o Presidente da ANDE e contar com tão valorosos atletas e dedicadíssimos profissionais!

Não posso deixar de agradecer a todos que vêm colaborando para o crescimento de nossas modalidades no cenário nacional e internacional, aos nossos atletas e Comissões Técnicas das nossas Seleções Brasileiras, que enfrentam as dificuldades nos treinamentos intensos, viagens cansativas e afastamentos de seus lares para estarem de corpo, alma e coração nas competições realizadas.

Parabéns aos nossos clubes associados, por manterem o nível de treinamento dos atletas e pela incessante busca de novos valores esportivos. Parabéns também a todos os atletas desse imenso Brasil que treinam e representam seus clubes nas nossa competições, vocês são a razão da nossa existência!

Ao Comitê Paralímpico Brasileiro agradeço pelo ajuda incondicional, nas orientações dos planejamentos, nos apoios aos campeonatos regionais, nacionais e nas competições internacionais, mesmo no momento econômico adverso que vivemos em nosso país. Esse suporte nos deu a segurança e a tranquilidade para executar quase tudo o que tínhamos planejado. Muito obrigado!

Mas tenho que agradecer especialmente a meus funcionários da ANDE, meu exército de “formiguinhas” incansáveis que trabalham diuturnamente para tornar possível a realização de sonhos. Nesse período dos Jogos Parapanamericanos, eles se encontravam no escritório, finalizando os planejamentos dos eventos do 2º semestre, os campeonatos regionais e nacionais, os treinamentos e as competições internacionais vindouras. Formam nossa retaguarda silenciosa que nos dá apoio para as vitórias acontecerem.

Também nesse mesmo período, dois atletas da Petra, modalidade que a ANDE vem apoiando, e os nossos meninos da Seleção Brasileira Sub-19 de Futebol 7 estavam disputando o Campeonato Mundial de Jovens na cidade de Nottingham – INGLATERRA. O Futebol disputou a grande final contra a forte equipe da Rússia, conquistando a medalha de prata após uma duríssima batalha vencida pelos russos pelo placar de 3 x 2. A Petra conquistou brilhantemente duas medalhas, uma de prata e outra de bronze. Nossa garotada fez bonito e nos enchem de esperanças para renovação de nossas Seleções.

Coroando essa semana intensa e mágica, a ANDE completa 40 anos de fundação, e para comemorar essa data especial não posso furtar-me a a fazer um agradecimento especial ao Professor Aldo Miccolis, nosso saudoso fundador e ex-presidente, e também ao nosso ex-presidente Professor Ivaldo Brandão Vieira, que implantou e divulgou com maestria a Bocha e o Futebol 7 na ANDE.

Estamos no caminho certo para um desempenho também histórico nos Jogos Paralímpicos Rio 2016. Nossos atletas têm adquirido cada vez mais experiência e confiança pela participação em competições internacionais contra as equipes mais fortes do mundo. Nossos técnicos participam de competições e intercâmbios internacionais, se aperfeiçoando e adquirindo conhecimentos mais atualizados. Possuímos os melhores equipamentos esportivos e uniformes do mercado; realizamos treinamentos em condições excepcionais; contamos com uma comissão técnica especializada e com profissionais da área médica e esportiva de altíssimo quilate; e realizamos cursos de arbitragem, competições regionais e nacionais para divulgar nossas modalidades e para revelar novos valores esportivos.

Enfim, estamos fazendo o “dever de casa”, e com planejamento e dedicação, os resultados certamente virão.

Sigamos em frente. Sempre juntos, sempre fortes!

Muito obrigado!

Frederico Frazão
Presidente da ANDE